Como fazer Backups e Snapshots na Digital Ocean

Backups e Snapshots são parte importante de um servidor VPS, que podem ser usados, não só para resguardar os dados em caso de problemas, mas também para outras funções importantes.

Pelo painel de controle da DigitalOcean é possível gerenciar backups automáticos dos servidores (Droplets) bem como gravar snapshots dos mesmos, tanto para segurança como para transferência entre usuários ou servidores.

Backups

A função backup é acionada por Droplet e é executada automaticamente uma vez por semana, podendo ser restaurado se houver problemas no servidor.

Para habilitar o backup em seu Droplet é necessário que esta opção seja marcada na instalação quando criamos o servidor. A função pode ser pausada a qualquer momento uma vez habilitada.

Os backups são feitos semanalmente sem necessidade de desligar o servidor e têm um custo mensal de 20% do preço do Droplet. Por exemplo um Droplet de $ 5,00 tem um custo de $ 1,00/mês. E se por algum motivo o backup falhar na execução o valor daquela semana não será cobrado (o que dá um custo exato de 5% do valor do Droplet por backup).

* Como a DigitalOcean cobra por hora, os valores acima são para um mês que o servidor ficou instalado. Lembrando ainda que mesmo se você desligar o servidor continuará pagando pelas horas de uso e pelos backups feitos. Mas se você quiser uma alternativa vamos ver a próxima opção.


Snapshots

Snapshots são parecidos com os backups porém têm que ser feitos manualmente para cada Droplet.

A maior vantagem de se usar esta função é a praticidade e o preço. O custo é de apenas $ 0,02 por gigabyte usados ao mês. Por exemplo, em nosso último tutorial mostramos como instalar o Debian com ISPConfig 3, o espaço utilizado pelo sistema com um site WordPress instalado é de aproximadamente 2Gb, o que nos dá um custo de 4 centavos de dólares por mês para manter cada snapshot (*Em contato com a DigitalOcean eles comunicaram que ainda não estão cobrando pelo serviço, mas o preço será esse).

Para gravar um snapshot é necessário desligar o servidor pela linha de comando do terminal SSH.

> shutdown -h now

Ou seja, isto requer um melhor planejamento de quando executar para que o site não fique fora do ar por muito tempo. Um sistema de 2Gb leva aproximadamente 5 minutos para gravar a imagem.

Para gravar um snapshot clique em “Images” no menu suspenso, em seguida selecione o Droplet e digite um nome para a imagem (exemplo: Snap-FatorBinario). Clique no botão “Create“. Pode levar alguns minutos para a gravação, quando terminar deverá aparecer o nome da imagem em “Snapshots” nesta tela (se quiser acompanhar o processo clique no menu “Droplets” e em seguida selecione o servidor na lista, deverá aparecer o andamento na tela).

* Após o sistema concluir a criação do Snapshot o seu Droplet deverá ligar automaticamente, para verificar aguarde 1 minuto e tente navegar por um site do domínio. Mas se isso não acontecer clique no menu “Droplets” e selecione o servidor na lista, veja se está escrito “Power On” no botão azul, se sim então clique para ligá-lo.

Uma outra utilidade do snapshot é o envio da imagem gravada para outro usuário da DigitalOcean, por exemplo pode-se configurar o servidor para um cliente e enviá-lo clicando em “Images” e escolhendo “Transfer snapshot to another user” ao lado do snapshot na lista (nesta tela ainda é possível alterar a região do Droplet, renomeá-lo ou destruí-lo).

Mas o melhor desta função é a possibilidade de instalar um Droplet novo selecionando a imagem de um snapshot gravada. Para isso quando for criar um Droplet, em “Select Image”, ao invés de selecionar um sistema operacional clique na aba “My Snapshots” e escolha qual imagem quer usar. Isso permite que possamos configurar um servidor para uma empresa, gravar o snapshot e destruí-lo, e quando necessário habilitá-lo desta forma.

Snapshots ainda podem ser usados para servidores com demanda temporária permanecendo online somente por um período de tempo. Por exemplo, se você é um estudante de informática e quer um servidor Linux para testes (já explicamos anteriormente que o custo mensal para manter um servidor VPS na DigitalOcean é menor do que ter um servidor físico ligado o tempo todo em sua residência), então a opção do snapshot é de grande ajuda, pois você pode gravar a imagem e tirar férias, recomeçando de onde parou quando retornar.


Conclusão

Enquanto os backups são a melhor maneira de manter uma cópia do sistema e garantir a restauração a partir do último ponto gravado, snapshots são uma excelente alternativa para manter a segurança dos dados, dando a possibilidade extra de duplicação de servidores e transferências de imagens entre usuários.


 Como fazer Backups e Snapshots na Digital Ocean
Tutorial ISPConfig 3 〉〉 ÍNDICE ANT PROX

©2014-2018 Fator Binário - Todos os direitos reservados

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account