Configurando um VPS para hospedagem de site – Parte 6: Instalando o LEMP

O título acima refere-se à instalação do LEMP (Linux + Nginx + MySQL + PHP), mas na realidade já instalamos o Linux na Parte 3. Seguiremos com a instalação do Nginx, MySQL e PHP.

* Nessa parte do tutorial será necessário o uso do WinSCP + PuTTY (para ver como usar clique aqui). A janela do WinSCP ficará aberta como root para termos permissão de modificar os arquivos, e a de console aberta com o usuário que criaremos abaixo.

* Para uma melhor apresentação colocarei todos os comandos em azul e entre aspas “desta forma“. Ignorem as aspas quando digitá-los.

* Se você é novato em Linux, ou quer aprender sobre o sistema, talvez a página de comandos básicos do Linux Ubuntu possa ser útil. Acesse: http://wiki.ubuntu-br.org/ComandosBasicos

Mas antes de começar vamos criar um novo usuário com permissões elevadas, pois o superusuário root só é usado para manutenção do sistema. Na janela de console do PuTTY digite:

  • adduser nomedeusuario (onde nomedeusuario será o seu usuário operador, substitua por um nome de sua escolha e que seja fácil de lembrar). Será solicitado que você digite e repita uma senha. Em seguida solicitará dados adicionais como seu nome, telefone, etc.. Pode teclar ENTER até o final. Perguntará se você confirma as informações, tecle ENTER ou digite “Y”.
  • Agora digite o comando no console “gpasswd -a nomedousuario sudo” (substituindo nomedousuario pelo usuario que você adicionou). Isso adicionará o seu nome de usuário ao grupo sudo. Esse é um grupo especial do sistema Linux que dá permissão aos usuários no grupo a executarem comandos de superusuário sem necessidade de fazer login como root.
  • Pronto. Você já pode encerrar a sessão atual como root e logar-se com o novo usuário para prosseguir no tutorial.
Instalando Nginx + MySQL + PHP:

1.Acesse o servidor com seu nome de usuário criado acima e digite o comando “sudo apt-get update” para atualizar o repositório do sistema (é importante atualizar mesmo que o sistema tenha sido instalado recentemente, isso garantirá que faremos download das últimas versões dos pacotes na instalação). Aguarde finalizar o processo…

* Para executar o comando com sudo, será solicitado a senha do usuário que criamos novamente .

* Dica: para executar os comandos sem precisar digitá-los basta marcar o texto e copiar pra memória, em seguida alternar para a janela de console do PuTTY e clicar com o botão direito do mouse na posição do cursor para colar.

2.Digite “sudo apt-get install nginx” para instalar o Nginx. Perguntará se deseja continuar, tecle ENTER.

* Após estes 2 comandos o servidor web já estará em funcionamento. Para testar abra o endereço IP do servidor em seu navegador e veja a mensagem de boas vindas do Nginx. Você encontra o número IP do servidor no Painel de Controle ou digitando o seguinte comando no console: ” ip addr show eth0 | grep inet | awk ‘{ print $2; }’ | sed ‘s/\/.*$//‘ “

3.Para instalar o MySQL digite “sudo apt-get install mysql-server“. Perguntará se deseja continuar, tecle ENTER.

  • Será solicitado uma senha master para o banco de dados (uma sugestão é usar a mesma do usuário root). Tecle ENTER e digite a senha novamente para confirmar.
  • Agora digite “sudo mysql_install_db“. Este comando irá gerar a estrutura de diretórios do banco de dados do MySQL.
  • Um último passo, para tornar nossa instalação MySQL mais segura, execute o comando “sudo mysql_secure_installation“. Digite a senha master do MySQL para prosseguir. A seguir será perguntado se você quer trocar a senha master atual, responda “n” (digite a letra n em minúsculo, se errar aborte com CTRL+C e redigite o comando acima). Nas próximas 4 perguntas tecle ENTER para que a segurança seja ajustada.

4.E por último vamos instalar o PHP digitando o comando “sudo apt-get install php5-fpm php5-mysql“. Tecle ENTER na pergunta. O PHP será instalado com o módulo FastCGI Process Manager para comunicar com o Nginx, e um módulo adicional para o MySQL.

  • Para tornar o PHP mais seguro vamos editar o arquivo de configuração e fazer uma pequena modificação. Digite “sudo nano /etc/php5/fpm/php.ini” ou use o WinSCP para encontrar o arquivo e editar com o Notepad++. Na linha 758 descomente a linha (delete o sinal de ponto e vírgula no início) e altere o valor de 1 para 0. Deixando assim: cgi.fix_pathinfo=0
  • Reinicie o php para a alteração surtir efeito. Digite “sudo service php5-fpm restart“.

 Configurando um VPS para hospedagem de site – Parte 6: Instalando o LEMP
Tutorial VPS Básico Ubuntu 〉〉 ÍNDICE ANT PROX

©2014-2019 Fator Binário - Todos os direitos reservados

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account