FTC concorda com reabertura provisória da Butterfly Labs

A agência americana, Federal Trade Commission (FTC), concordou em permitir a reabertura da Butterfly Labs, fechada no mês passado por decisão judicial. A nova decisão irá permitir o envio dos equipamentos de mineração e, de acordo com a FTC, definir uma nova etapa na ação contra a empresa.

A CoinDesk conversou com a advogada da FTC, Leah Frazier, a qual confirmou que um liquidante judicial, apontado pela corte, continue em controle da empresa. Frazier explicou ainda, que a Butterfly Labs não poderá aceitar novos pedidos, e terá que despachar os equipamentos já comercializados.

“Durante este tempo, a empresa não poderá aceitar novos pedidos e estão impedidos de fazer representações falsas. Eles não podem fazer nada sem a anuência do liquidante. Então, em nossa perspectiva, nós concordamos com a decisão”, disse Frazier.

Quando indagada sobre o reembolso aos clientes prejudicados, Frazier disse que os bens da empresa continuam congelados. Contanto, a FTC permite a reabertura, em parte, para estabelecer um canal de comunicações com os clientes.

A FTC reiterou ainda que, seu objetivo é assegurar que todas aquelas pessoas prejudicadas possam enviar um pedido de reembolso.


Leia também: Butterfly Labs fazia uso das mineradoras antes de enviar aos clientes


SOEE660332GBPR 728x90