Arquivo da tag: marketing

Como instalar o Mautic: Ferramenta de Automação de Marketing Open Source

Mautic é uma poderosa ferramenta de Automação de Marketing usada para monitorar e gerenciar campanhas. Ela permite monitorar sites, criar Landing Pages e enviar emails a partir do próprio servidor ou através de uma conexão SMTP customizada além de muitas outras funcionalidades. E o melhor de tudo é que o Mautic é Open Source.

Neste tutorial mostrarei como instalar e fazer a configuração básica inicial em um servidor Linux Debian com ISPConfig e NginX, o mesmo de nossos tutoriais. *Mas caso o seu sistema ou painel de controle seja diferente os passos abaixo podem ser facilmente adaptados.

Para uma melhor experiência crie uma conta para o SMTP relay externo na SparkPost que usaremos na configuração do Mautic. SparkPost permite o envio de até 100 mil emails por mês (número atual), e pode ser usado para campanhas ou emails transacionais.

Mautic: Powerful Marketing Automation

* Este tutorial foi testado em nosso servidor Debian 8 Jessie com ISPConfig 3 e NginX, clique aqui e veja como instalar.

Instalação

Crie um espaço de site no ISPConfig: Você pode usar um nome de domínio ou subdomínio, mas a minha dica é a de usar um subdomínio pois ficará mais profissional quando fazer chamadas de API ou acessar o painel.

Exemplo: inbound.fatorbinario.com (substitua pelo seu domínio e lembre-se de que é necessário criar essa entrada na tabela DNS do domínio, e caso esteja usando a CloudFlare desative a nuvem para essa entrada).

Adicione as diretivas NginX abaixo para o Mautic na aba “opções” do site no ISPConfig:

# Desativa os logs de acesso para melhor performance
access_log off;
log_not_found off;

#######################################
#### Start Mautic Specific config #####
#######################################

charset utf-8;

# redirect index.php to root
rewrite ^/index.php/(.*) /$1 permanent;

# redirect some entire folders
rewrite ^/(vendor|translations|build)/.* /index.php break;

# Diretiva principal para o Mautic
location / {
   try_files $uri /index.php$is_args$args;
}

location ~ /app/bundles/.*/Assets/ {
   allow all;
   access_log off;
}

location ~ /(addons|plugins)/.*/Assets/ {
   allow all;
   access_log off;
}

#ATENÇÂO: Para os plugins aparecerem no painel não use as diretivas abaixo
# Deny everything else in /app folder except Assets folder in bundles
location ~ /app/ { deny all; }

# Deny everything else in /addons or /plugins folder except Assets folder in bundles
location ~ /(addons|plugins)/ { deny all; }

# Deny all php files in themes folder
location ~* ^/themes/(.*)\.php {
   deny all;
}

# Deny yml, twig, markdown, init file access
location ~* /(.*)\.(?:markdown|md|twig|yaml|yml|ht|htaccess|ini)$ {
   deny all;
   access_log off;
   log_not_found off;
}

# Deny all attempts to access hidden files/folders such as .htaccess, .htpasswd, .DS_Store (Mac), etc...
location ~ /\. {
   deny all;
   access_log off;
   log_not_found off;
}

# Deny all grunt, composer files
location ~* (Gruntfile|package|composer)\.(js|json)$ {
   deny all;
   access_log off;
   log_not_found off;
}

#######################################
#### End Mautic Specific config #######
#######################################

continuar lendo..

Gerenciamento de Servidores Cloud com atendimento e consultoria em português. Planos mensais com os melhores preços do mercado.
Envie um email para [email protected] e saiba mais!

Tutorial Debian 8 x64 com ISPConfig e NginX: Instalação do Site

Neste artigo mostrarei como fazer o deploy (instalação e configuração) do website. Os exemplos serão apresentados para um site WordPress no Linux Debian 8 com painel de controle ISPConfig e servidor web NginX configurados anteriormente, mas pode-se adaptar para qualquer outra situação.

Existem muitas maneiras de se instalar ou migrar um site, mas pelas estatísticas dos leitores que me procuram aqui no Fator Binário somente algumas são as preferidas da galera. Escreverei sobre as que achei mais descomplicadas mesmo para iniciantes (se você tiver outras sugestões e caso queira compartilhar entre em contato ou escreva nos comentários).

Instalação do Site
  • Ao adicionar um espaço de site o ISPConfig por padrão criar um arquivo index.html. Antes de instalar os arquivos de um site novo ou copiá-los de outro servidor delete o arquivo /web/index.html para que o browser não o interprete como a página padrão do site.
Instalação de um novo site

Essa primeira opção é para quem decidir criar um espaço de site novo e iniciar um projeto, ou ainda para operadores avançados que farão a instalação/migração manualmente mas querem saber como adicionar um site ao painel somente.

Para usar o módulo de gerenciamento de sites no ISPConfig acesse: ISPConfig → Sites

1a ⇒ Adicione um novo site: Clique em “Add new website” e preencha conforme abaixo (note que a maioria dos campos não são obrigatórios, e se desejar usar o módulo Clientes sempre escolha para qual cliente o site pertence, mas isso é opcional):

[Aba Domain]

» Domínio: <– fatorbinario.com (substitua pelo seu domínio e NUNCA coloque o prefixo “www” neste campo)

» Auto SubDomínio: <– www. (pode-se ainda optar pelo catch all “*.” aqui mas na maioria dos casos isso é desnecessário. Lembre-se também de criar um registro Tipo A para o www na tabela DNS deste domínio)

» PHP: <– PHP-FPM (na nova versão do ISPConfig note que você DEVE selecionar uma opção neste campo pois ele é nulo por padrão. Caso queira poderá selecionar HHVM que usa o compilador JIT, mas faça isso por sua conta e risco)

[Aba Estatísticas]

» Tipo de Estatística Web: <– None (quando incluimos um novo espaço de site no ISPConfig automaticamente o Webalizer começa a coletar estatísticas, configure para não usar este recurso para o site)

[Aba Opções]

» NginX Directives: (em sites WordPress ou Magento é necessário adicionar diretivas personalizadas para que os permalinks (Links Permanentes com “Nome do Post”) funcionem corretamente). Desligaremos também os logs de acesso ao site pois os arquivos podem ficar muito grandes deixando-o lento:

* Observe que listei abaixo diferentes diretivas para os tipos de sites mais conhecidos, escolha somente a que representa o seu site.

#Desativando os logs para melhorar a performance
access_log off;
log_not_found off;
#Diretivas NginX para WORDPRESS
location / {
    try_files $uri $uri/ /index.php?q=$uri&$args;
} 
#Note a alteracao na diretiva location para o Magento. Se for usada a diretiva antiga uma URL aparecerá na caixa de pesquisa da loja dando a impressao de que a instalacao esta bugada.
#Para maiores informacoes veja o arquivo nginx.conf.example que esta incluido no download do proprio Magento

#Diretivas NginX para MAGENTO
location / {
    #try_files $uri $uri/ /index.php?q=$uri&$args;#Nas ultimas versoes do Magento esta diretiva foi alterada, use a linha abaixo
    try_files $uri $uri/ /index.php?$args;
}
location ~* \.php/ {
    rewrite ^(.*.php)/ $1 last;
}

continuar lendo..

Gerenciamento de Servidores Cloud com atendimento e consultoria em português. Planos mensais com os melhores preços do mercado.
Envie um email para [email protected] e saiba mais!

Mailgun: Solução de SMTP Relay no Postfix para servidores VPS

Mailgun é mais uma solução externa para entrega de emails, a diferença é que a conta gratuita permite enviar 10 mil emails mensais sem limitações diárias como na maioria dos concorrentes, e ainda permite adicionar até 5 domínios customizados pela mesma conta gratuita.

Há algum tempo atrás escrevi um tutorial de como usar o Mandrill para essa mesma função, porém eles mudaram a política e agora só é possivel enviar 2 mil emails na conta gratuita (o limite era 12 mil mensais anteriormente). Na minha opinião eles são a melhor empresa pois pertencem ao mesmo grupo da MailChimp, e as mensagens são todas entregues na caixa de entrada.

O Mailgun, em meus testes, também entrega na caixa de entrada sendo fácil de configurar. E com o limite de 10 mil mensais dá para enviar muito email marketing e newsletter sem se preocupar muito. Leia mais sobre os limites da conta clicando aqui.

Já mostramos como configurar o Postfix para enviar usando um SMTP Relay, autenticando a conta e os usuários, neste link e neste outro. Neste tutorial explicarei novamente porém de uma forma mais resumida, e optando por envios seletivos (para múltiplos domínios no mesmo servidor).

SMTP Relay com Mailgun e Postfix

* Este tutorial foi testado em nosso servidor Debian 7 com ISPConfig 3 e Postfix, clique aqui e veja como instalar. Consideraremos que a sua tabela DNS de domínio já esteja configurada e devidamente propagada.

Crie uma conta gratuita no Mailgun e configure o domínio

Crie uma conta: Clique neste link para criar uma conta no Mailgun: https://mailgun.com/signup

» Company/Account Name: <– FatorBinario (pode ser o nome do seu site aqui)

» Your Name: <– Luis (o seu nome)

» Your Email: <– [email protected] (o email que irá gerenciar a conta)

» Password: <– digite uma senha e confirme no próximo campo

» Add payment info now: <– <desmarcado> (apesar do aviso na tela não há necessidade de se adicionar um cartão de crédito ou outra forma de pagamento para habilitar a conta, veremos isso abaixo)

» Responda o captcha e clique em “Create Account“. *Será enviado um email de confirmação para habilitar a conta.

Adicione um domínio: Selecione a opção “Domains” no menu e clique no botão “Add New Domain“. Digite o nome do seu domínio sem o “www” e clique em “Add Domain“. Na próxima tela iremos verificar o domínio.

Adicione os registros DNS do domínio: Isso é necessário, se não fizermos este passo a conta ficará limitada a enviar somente 300 emails diários. Nesta tela veremos 5 passos mas precisamos executar somente o segundo “Add DNS Records For Sending“. Adicione o texto “include:mailgun.org” no seu registro SPF e crie um registro TXT para a chave DKIM do domínio (cole a chave entre aspas duplas no registro).

* Na tela de configuração não aparece mas temos que incluir um “ponto” no final do “hostname” quando criarmos o registro. Exemplo: “fatorbinario.com.”. Já mostramos várias vezes como fazer isso, mas se ainda tiver dúvidas siga este link.

Verifique o domínio: Após copiar os valores e adicionar os registros cloque no botão “Continue to Domain Overview” . Na próxima tela logo abaixo de “Domain Verification & DNS” clique no botão “Check DNS Records Now“. Se a tabela estiver propagada e com os registros inseridos uma mensagem em verde “Active” aparecerá no campo “State”.

Crie uma credencial para o SMTP Relay: Fazendo isso não precisaremos usar as credenciais da conta principal no Postfix. Ao lado de “Default Password” clique em “Manage SMTP credentials“.  Em seguida clique no botão “New SMTP Credential“. Em login escreva um alias qualquer, exemplo: mgsmtp (esse email servirá somente para configurarmos o acesso pelo Postfix). Digite e confirme uma senha, anote-a pois vamos precisar usá-la abaixo. O seu login da API será [email protected]

Configure o Postfix para enviar os emails por SMTP Relay

Edite o arquivo /etc/postfix/main.cf e modifique/adicione as seguintes linhas (os números das linhas são referentes ao arquivo original, se você alterou o arquivo por algum motivo encontre-as):

# Linha 23:

smtpd_use_tls = yes
# Modifique a linha 35 para um valor nulo

relayhost =
# Adicione estas linhas ao final (lembre-se de deixar uma linha vazia no final do arquivo para prevenir problemas). Isso ira ativar o SASL para autenticação externa

smtp_sasl_auth_enable = yes
smtp_sasl_password_maps = hash:/etc/postfix/sasl_passwd
sender_dependent_relayhost_maps = hash:/etc/postfix/relayhost_maps
smtp_sasl_security_options = noanonymous

continuar lendo..

Gerenciamento de Servidores Cloud com atendimento e consultoria em português. Planos mensais com os melhores preços do mercado.
Envie um email para [email protected] e saiba mais!