Arquivo da tag: Roundcube

Tutorial Debian 8 x64 com ISPConfig e NginX: Servidor de Email

Após a instalação do ISPConfig o Servidor de Email já ficou pronto para uso com o Postfix e o Dovecot. O que precisamos fazer é acertar algumas configurações e aprender a usá-lo.

O Servidor de Emails é um dos serviços mais procurados no Fator Binário e também o mais problemático. Dezenas de pessoas solicitam minha ajuda todos os meses, sendo que a grande maioria destes problemas são causados por configuração errada.

Neste artigo mostrarei como criar contas de email no ISPConfig, instalar o DKIM, desativar o certificado TLS obrigatório na porta 587 e instalar a última versão do Roundcube no NginX.

* Na Digital Ocean a porta 25 (SMTP) está bloqueada por padrão para contas novas. Se quiser enviar emails externamente então será necessário abrir um ticket de suporte com eles e dizer que deseja abrir a porta 25 para envio de emails. O suporte responderá o ticket em alguns minutos solicitando mais informações suas. Envie as informações adicionais que eles liberam a conta para envios. *O processo todo da solicitação até a liberação leva menos de 30 minutos.

Servidor de Emails

* Acesse o terminal SSH como superusuário root para executar os comando de instalação e configuração.

Adicionando caixas de email no ISPConfig

No painel admin do ISPConfig pode-se facilmente criar e gerenciar contas e domínios de email. É possível criar contas novas, redirecionamentos para outras contas ou catch-all, filtros, etc..

Acesse o menu de emails: ISPConfig → Correio

1a ⇒ Crie um domínio de email: ISPConfig → Correio → Domínio → Adicionar novo domínio

Preencha o nome do domínio no terceiro campo e clique em Salvar. Pode-se deixar as demais opções padrão. Lembre-se que “nome do domínio” não deverá ser escrito com o “www”. Exemplo correto: meudominio.com.br

1b ⇒ Crie uma caixa de email para o domínio: ISPConfig → Correio → Caixa de correio → Adicionar nova caixa de correio

Preencha os campos abaixo deixando o restante padrão:

» Nome Real: <– Seu nome

» Correio Alias: <– contato (isso será a sua conta de email, selecione ao lado para qual domínio está criando a caixa)

» Senha: <– Digite uma senha segura e repita no próximo campo

» Clique em Salvar

1c ⇒ Acesse a conta. Quando instalamos o ISPConfig o SquirrelMail foi instalado junto, para acessá-lo digite a URL http://IP_DO_SERVIDOR:8081/squirrelmail. Digite o nome da conta com o domínio e a sua senha cadastrada para a caixa.

• Note que mesmo criando a conta e podendo acessá-la ainda é necessário direcionar o DNS do domínio para o VPS. Enquanto a tabela não estiver propagada não poderemos receber emails externos. Podemos enviar, mas como ainda falta a tabela DNS e os registros DKIM e SPF, dificilmente eles chegarão na caixa de entrada do destinatário. Mais adiante neste tutorial veremos como criar a tabela.

Dica: Após criar uma caixa de email para o domínio acesse no menu esquerdo a opção “Correio Catchall” digitando o domínio e a conta que receberá os emails. Isso fará com que todos os emails enviados para qualquer endereço daquele domínio, e que não tenha caixa, sejam redirecionados para a conta principal.

Configuração do DKIM

O DKIM é necessário para que os emails sejam assinados e certificados pelo servidor, isso ajuda a não serem marcados como SPAM. *A partir do ISPConfig 3.1 essa funcionalidade será incorporada ao painel, mas por enquanto temos que configurá-la manualmente.

Na instalação do ISPConfig pelo script o OpenDKIM já foi baixado, temos apenas que configurá-lo.

2a ⇒ Edite o arquivo /etc/opendkim.conf e adicione as seguintes linhas ao final:

SubDomains           yes AutoRestart Yes AutoRestartRate 10/1h UMask 002 Syslog yes SyslogSuccess Yes LogWhy Yes Canonicalization relaxed/simple ExternalIgnoreList

continuar lendo..

Gestão em infraestrutura de Servidores Cloud VPS e Dedicados. Planos mensais acessíveis e consultoria diferenciada para agências de marketing.
Envie um email para [email protected] e solicite uma análise gratuita!

Tutorial Debian 8 x64 com ISPConfig e NginX: Índice

Tutorial de instalação e configuração em um VPS com Linux Debian 8 (Jessie) x64, painel de controle ISPConfig 3 e Servidor de Emails com Roundcube e NginX.

Nestes últimos meses configurei pessoalmente algumas centenas de servidores com Debian

continuar lendo..

Gestão em infraestrutura de Servidores Cloud VPS e Dedicados. Planos mensais acessíveis e consultoria diferenciada para agências de marketing.
Envie um email para [email protected] e solicite uma análise gratuita!

PolicyD: Limitando o envio de emails pelo Postfix

PolicyD, também conhecido como Cluebringer, é uma ferramenta que permite limitar a quantidade de emails enviados pelo servidor através do Postfix. Neste tutorial mostrarei como instalar a última versão (policyD v2.1) no Linux Debian 7 e configurar o WebUI com NginX para gerenciar as regras.

Veremos também como limitar os emails enviados pelo Roundcube, e no final deste artigo poderemos, opcionalmente, modificar o Postfix para que não permita o envio de email por scripts PHP que não sejam através de contas cadastradas e verificadas (isso aumentará a segurança contra ataques hackers por code injection ou outras vulnerabilidades).

* Procurei documentaçöes durante semanas para conseguir escrever este artigo que ficará como referência, pois essa solução (completa) não existe em qualquer outro tutorial online. Em sites especializados fala-se que a grande falha do Cluebringer é não conseguir limitar o envio pelo Roundcube, vamos ao tutorial e irei provar que isso não é verdade.

Instalando e configurando a última versão do PolicyD para limitar o envio de emails

* Este tutorial foi testado em nosso servidor Debian 7 com ISPConfig 3 e Postfix, clique aqui e veja como instalar.

* Sempre faça backup/snapshot do servidor antes de instalar e configurar pacotes de aplicativos Linux, caso algo de errado aconteça você poderá restaurar o sistema.

Baixe e instale o Cluebringer (PolicyD)

Baixe a versão 2.1.x: Essa versão permite conexões IPv6 além de ter recursos extras. Acesse o console SSH como superusuário root e digite:

* Note que faremos a instalação manual do aplicativo pois essa versão não está disponível no repositório Debian. Note também que instalaremos o WebUI um web panel que facilitará o gerenciamento de regras.

> cd /root

> wget http://download.policyd.org/v2.1.x-201310261831/cluebringer_2.1.x~201310261831_all.deb

> wget http://download.policyd.org/v2.1.x-201310261831/cluebringer-webui_2.1.x~201310261831_all.deb

Desinstale a versão anterior caso tenha instalado: Se você seguiu outros tutoriais antes de encontrar este provavelmente tem a versão “postfix cluebringer” instalada, para removê-la:

> apt-get remove postfix-cluebringer postfix-cluebringer-mysql postfix-cluebringer-webui

Instale o PolicyD: Talvez seja necessário baixar algumas bibliotecas adicionais para suprir dependências dos pacotes, execute os comandos abaixo para resolvê-las e instalar:

> apt-get update
> apt-get install libconfig-inifiles-perl libcache-fastmmap-perl liblist-moreutils-perl

> dpkg -i cluebringer_2.1.x~201310261831_all.deb
> dpkg -i cluebringer-webui_2.1.x~201310261831_all.deb

Crie as tabelas no Banco de Dados: O instalador adicionou alguns arquivos ao sistema, acesse o diretório /usr/share/doc/cluebringer/database/ para configurar o MySQL:

D.1) Acesse o diretório, descompacte alguns dumps necessários e torne o conversor executável:

> cd /usr/share/doc/cluebringer/database/

> gunzip *.gz

> chmod 744 /usr/share/doc/cluebringer/database/convert-tsql

D.2) As instruções para criar as tabelas apresentam problema com InnoDB no MySQL, execute o conversor para corrigir isso (será criado um novo arquivo chamado policyd.sql):

> for i in core.tsql access_control.tsql quotas.tsql amavis.tsql checkhelo.tsql checkspf.tsql greylisting.tsql accounting.tsql; do ./convert-tsql mysql55 $i; done > policyd.sql

D.3) Ainda dentro do diretório database/ acesse o console do MySQL para criar as tabelas:

* Como exemplo criaremos a tabela com o nome policyd e com as credenciais (Usuário: policyd e Senha: y3Wj7r6X2WbZ)

> mysql -u root -p

* Será solicitado a senha admin do MySQL

mysql> CREATE DATABASE policyd; mysql> CREATE USER

continuar lendo..

Gestão em infraestrutura de Servidores Cloud VPS e Dedicados. Planos mensais acessíveis e consultoria diferenciada para agências de marketing.
Envie um email para [email protected] e solicite uma análise gratuita!

Upgrade do Roundcube Webmail pelo Backports

Neste tutorial mostrarei como fazer upgrade de programas Linux Debian usando o repositório backports. Aplicaremos um exemplo prático que será o upgrade do Roundcube Webmail para a última versão disponível naquele repositório.

Backports: são pacotes (packages) selecionados da próxima versão do Debian, também chamados de “Testing” ou “Unstable”. Eles são ajustados e recompilados para serem usados na versão estável (Stable) do sistema. Em teoria, poderíamos usar qualquer pacote de programas disponível no backports sem alto risco de segurança ou instabilidade, pois, diferentemente dos repositórios Unstable e Testing, o que está no repositório foi selecionado e adaptado como eu disse. Porém, mesmo assim, devemos ter algum cuidado com incompatibilidades com outros programas, explicarei abaixo como proceder de maneira segura.

* Faremos um upgrade do Roundcube disponível no Debian 7 Stable, e que instalamos neste tutorial. O Debian é um S.O. Linux que tem como pontos fortes estabilidade e segurança, que são características para agradar qualquer bom administrador de sistemas, portanto, note que, a maioria dos pacotes de aplicativos disponíveis geralmente não são os mais novos, mesmo aqueles do repositório backports.

Upgrade do Roundcube Webmail usando o repositório Debian Backports

* Este tutorial foi testado em nosso servidor Debian 7 com ISPConfig 3 e Postfix, clique aqui e veja como instalar.

Prepare o sistema para baixar pacotes do backports

Faça um backup do servidor: Se estiver usando um servidor em produção é muito importante criar um backup ou snapshot (clique aqui para aprender como fazer) para que, se algo der errado, ter uma cópia de segurança para restaurar.

Adicione o repositório backports ao sources: Crie o seguinte arquivo  /etc/apt/sources.list.d/wheezy-backports.list com o seguiinte comando:

> echo deb http://mirrors.digitalocean.com/debian wheezy-backports main > /etc/apt/sources.list.d/wheezy-backports.list

Atualize o cache local de pacotes:

> apt-get update

Verifique a versão do pacote: Use o comando apt-cache para exibir a versão instalada e a disponível no repositório:

> apt-cache policy roundcube

Em nosso Debian 7 padrão a saída do comando acima é:

Installed: 0.7.2
Version table: 0.9.5-1~bpo70+1

Versão instalada 0.7.2, disponível 0.9.5 bpo70 (que significa backports para o Debian 7).

* Se o comando não mostrou a versão instalada clique aqui e veja como instalar. Lembre-se que estamos somente fazendo uma atualização.

* Note que no repositório oficial existe outras atualizações, e que para o Debian 8 poderíamos fazer upgrade para a versão 1.1.2 pelo backports (1.1.2~bpo80).

Uma lista das versões disponíveis do Roundcube para o Debian pode ser acessada neste link:

http://ftp.debian.org/debian/pool/main/r/roundcube/

Atualize o Roundcube e reconfigure os arquivos

Instale a nova versão:

Note que usaremos a opção “-t wheezy-backports“. Para instalar um pacote do backports sempre teremos que definir o repositório com o -t (target), não havendo perigo de, numa instalação de outro programa, o instalador usar o backports automaticamente.

*Somente use esse repositório seletivamente como estamos fazendo, lembre-se que nem tudo o que está lá é seguro e estável.

> apt-get install -t wheezy-backports roundcube

* Responda as perguntas da seguinte maneira: » Deseja continuar? tecle: <-- ENTER » Perform upgrade on database

continuar lendo..

Gestão em infraestrutura de Servidores Cloud VPS e Dedicados. Planos mensais acessíveis e consultoria diferenciada para agências de marketing.
Envie um email para [email protected] e solicite uma análise gratuita!

Configurando o RoundCube como Webmail no VPS

Aprenda como configurar o RoundCube Webmail em Português BR num Virtual Private Server (VPS), habilitando a opção de alterar a senha diretamente no aplicativo.

Em nosso tutorial Linux Debian 7 + ISPConfig instalamos vários serviços e aplicativos para fazer o servidor rodar de forma estável e com segurança, incluindo um Servidor de Email. Porém instalamos por padrão o Squirrelmail, que é um dos aplicativos para webmail mais antigos do Linux, mas que deixa a desejar em alguns aspectos, principalmente na aparência.

Com a ajuda do Marcílio Quintino do site Sovina Online fizemos alguns testes e adaptamos um tutorial de como instalar e configurar o RoundCube usando o NginX como servidor web. *A instalação faz parte do tutorial Debian 7 e ISPConfig 3, que são requisitos básicos.

Instalando e Configurando o RoundCube WebMail:

Antes de baixar e instalar os pacotes do RoundCube vamos criar um usuário remoto para a API dele no ISPConfig, assim os usuários das caixas de email poderão alterar suas senhas pela ferramenta. *Opcional: Aprenda como limitar um cliente somente ao módulo Email no ISPConfig acessando este link.

Criando um usuário remoto no ISPConfig:

Acesse o menu do ISPConfig e clique nas opções:

Sistema → User Management → Usuários Remotos → Adicionar Novo Usuário

Em nome de usuário digite roundcube e em seguida digite uma senha forte (ou gere uma clicando em generate password)

Na lista de opções marque as seguintes (escrevi a ordem em que aparecem entre parênteses):

» Server functions (1) » Funções de Cliente (3) » Funções de usuário de correio (8) » Funções de aliases de correio (9) » Funções de

continuar lendo..

Gestão em infraestrutura de Servidores Cloud VPS e Dedicados. Planos mensais acessíveis e consultoria diferenciada para agências de marketing.
Envie um email para [email protected] e solicite uma análise gratuita!