WordPress: Backup para o Google Drive e migração de servidor

Tutorial prático de como fazer backup agendado no WordPress para o Google Drive. Mostraremos também como usar a mesma ferramenta para migrar um site de provedor ou servidor.

Hoje à tarde eu tive uma complicação séria no MySQL do meu servidor por causa de um plugin, e o que me salvou novamente foi a mesma ferramenta que uso por vários meses, o UpdraftPlus. Vou mostrar como usá-la.

O UpdraftPlus é um plugin para backup do WordPress, e uma das poucas disponíveis que permitem fazer cópia agendada para o Google Drive gratuitamente. Com o UpdraftPlus ainda é possível gerar um backup e restaurar em outro servidor, servindo como ferramenta para migração de site.

O Google começou a enviar emails notificando que começará a cobrar pelo uso de API’s a partir de Julho deste ano. Talvez a documentação deste tutorial torne-se obsoleta em se tratando de opção gratuita.

Dropbox" href="https://fatorbinario.com/wordpress-como-fazer-backup-para-o-dropbox/">Aprenda como fazer backup para o Dropbox.

Veja também que em nossa última publicação ensinamos como fazer backups e gravar snapshots de um Droplet na Digital Ocean, mas nem sempre é necessário guardar a imagem do servidor todo.

Instalando e Configurando o UpdraftPlus:

1.Entre no painel administrativo do WordPress e clique em “Plugins” / “Adicionar Novo” no menu lateral.

2.Na caixa de busca digite “updraft”, o plugin que instalaremos é o que aparece com mais de 2 milhões de downloads “UpdraftPlus Backup and Restoration“. Instale e ative.

3.No menu lateral clique em “Configurações” e escolha “Backups do UpdraftPlus”.

4.Clique na aba “Configurações” do Updraft, vamos alterar o agendamento:

A.Intervalo de backups de Arquivos e Banco de Dados:

> Altere para “Diariamente” e digite 7 no número de agendamentos para reter.

B.Incluído no backup dos arquivos:

> Deixe todas as opções marcadas.

C.Em “Relatórios” / “Email”:

> Marque a opção. Note que o relatório será enviado para o email do admin do site.

* * Com as informações acima já pode-se fazer o backup do site. Os arquivos compactados (são 5 arquivos) serão armazenados no diretório “wp-content/updraft” do WordPress para futura recuperação. Mas e se o Droplet der problema e ficar inacessível? Então a melhor opção é guardar os backups em um repositório remoto.

5.Gravando a cópia de segurança no Google Drive:

A.Escolha o seu armazenamento remoto:

> Google Drive

B.Agora precisamos criar uma API no Google Drive para fazer o backup automático. Logo abaixo da logomarca do Google nessa tela aparece um texto com 2 links e um endereço com o link para o seu site, que você usará abaixo. Clicando no primeiro link mostrará o passo a passo de como criar a API. O segundo link te leva para o Console API da sua conta no Google (Sim, você precisa ter uma conta no Google).

b1.Clique no segundo link: https://console.developers.google.com/

b2.Clique em “Criar Projeto”

> Nome do projeto: <– UpdraftPlus

> ID do projeto: <– *Deixe como está

* aguarde finalizar o processo.. abrirá uma nova tela.

b3.No menu lateral escolha: “APIs e autenticação” / “APIs”

> Na tela com “APIs populares” escolher “Google Apps APIs” / “Drive API

> Clicar no botão “Ativar API

b4.Menu lateral: “APIs e autenticação” / “Tela de consentimento”

> Endereço de e-mail: <– Escolher seu email na lista

> Nome do produto: <– UpdraftPlus (O mesmo nome que você digitou acima)

> Clicar no botão “Salvar

b5.Menu lateral: “APIs e autenticação” / “Credenciais”

> Na opção “OAuth” clicar no botão “Criar um novo ID do cliente

> Tipo de aplicativo: <– Aplicativo da Web

> Origens JavaScript autorizadas: <– O seu domínio. *Copiar o endereço URI fornecido na tela do Updraft no WordPress, mas somente a parte do domínio no link (Por exemplo, https://fatorbinario.com ou https://www.fatorbinario.com). Cole o endereço na caixa de texto substituindo o exemplo que está lá.

> URIs de redirecionamento autorizados: <– A URI toda que aparece no UpdraftPlus incluindo o seu domínio (deve ser algo como https://fatorbinario.com/wp-admin/options-general.php?action=updraftmethod-googledrive-auth)

> Clicar no botão “Criar ID do cliente

C.Será apresentada uma tela com as informações da API que você usará para habilitar o Updraft a fazer backups no Google Drive. Copiar e colar para o Updraft o “ID do cliente” e a “Chave secreta do cliente“.

D.Salve as alterações na tela de Configurações do Updraft.

E.Quando você carregar novamente a página do plugin note uma mensagem pedindo para autenticar a conta do Google Drive. Logo abaixo onde você digitou os códigos da API tem um link ao lado de “Authenticate with Google“, clique no link para autenticar.

6.Pronto. Agora os seus backups serão feitos automaticamente no Google Drive diariamente com um limite de 7 conjuntos de cópias por site (pode-se aumentar este número, mas tome cuidado com o limite de espaço da sua conta no Google, e veja ainda que se você tiver muitas imagens em sua biblioteca pode ser necessário reduzir o número de cópias a manter). *Siga os mesmos passos para criar outra API ID em outros sites WordPress, cada backup armazenado será renomeado com a data da cópia e o nome do site dentro da pasta UpdraftPlus no Google Drive.

* * Note que só é possível habilitar um tipo de armazenamento automático na versão gratuita do plugin, então se você escolher guardar as cópias no Google Drive não terá como programar backup agendado para a pasta local “wp-content/updraft” ao mesmo tempo (porém pode-se fazer o backup manual na pasta).


 

Restaurando o backup ou migrando um site:

* A migração do site usando o backup só é possível se o domínio tiver o mesmo nome. Por exemplo não tem como restaurar a cópia de fatorbinario.com para fatorbinario.com.br (são domínios diferentes). Para isso eles vendem um plugin do Updraft para Clonar/Migrar sites substituindo o domínio.

1.Se o site no qual você irá restaurar o backup ainda não tiver o UpdraftPlus instale conforme explicado acima. (Quando migrei do provedor antigo para o VPS da DigitalOcean simplesmente instalei o WordPress e o UpdraftPlus, restaurei a cópia e estava com o site online em poucos minutos).

2.Após instalar acesse a pasta UpdraftPlus no Google Drive e baixe o último conjunto de backup do site para o seu desktop (são 5 arquivos). *Baixando pelo painel Web do Google Drive talvez compacte os 5 arquivos em um único ZIP, descompacte antes de fazer upload para o site (os 5 arquivos .GZ).

3.Acesse o site por SSH ou FTP (de preferência com o  usuário shell criado para o site conforme vimos no tutorial Instalando o WordPress). *Uma maneira fácil de fazer upload de arquivos é usar o WinSCP conforme já explicamos antes, é só arrastar e soltar os arquivos no painel remoto do explorer da ferramenta.

4.Envie os 5 arquivos para a pasta “wp-content/updraft”. Em seguida clique em “Configurações” / “Backups do UpdraftPlus” no menu lateral admin do WordPress.

5.Na aba “Backups Existentes” aparecerá o backup a restaurar. Clique no botão “Restaurar“. Aguarde finalizar o processo e recarregue a página do WordPress.

* * O seu usuário admin do Worpdress será aquele do backup, então se você criou outro na nova instalação ele será substituído pelo antigo.

* * Após finalizar a restauração aparecerá uma mensagem no painel do Updraft pedindo para clicar em um link para deletar os backups antigos. Isso é necessário.

* * Você receberá diariamente um relatório do backup em seu email.

* * O horário em que o backup começará diariamente será sempre o mesmo, e é determinado pela hora em que você gravou e habilitou a função no painel do Updraft pela primeira vez.

* * Os 5 arquivos de backup são: Banco de Dados, Plugins, Temas (incluindo temas child), Uploads (toda a biblioteca de imagens), Outros. A ferramenta não faz backup das configurações adicionais como arquivos de checagem do Bing, Google, Pinterest, etc.. ou quaisquer diretórios adicionais que você possa ter criado no diretório raiz do site.



Gestão em infraestrutura de Servidores Cloud VPS e Dedicados. Planos mensais acessíveis e consultoria diferenciada para agências de marketing.
Envie um email para [email protected] e solicite uma análise gratuita!